Buscar
  • vaniacmlsite

MOMENTO TRIBUNA Rodrigão debate situação da Santa Casa de Louveira


Em seu pronunciamento na tribuna, o vereador Rodrigão (PSD) aproveitou para firmar posição sobre o tema "Santa Casa de Louveira". O parlamentar destacou inicialmente o que fez sobre a questão da dívida, com envio de ofício ao prefeito, divulgação nas redes sociais, que contou com o apoio da população, da EPTV. "Conseguimos tirar o prefeito e sua equipe da cadeira, dos seus gabinetes para que buscassem uma solução. Primeiro passo vencemos, houve a intervenção da Santa Casa e a responsabilidade hoje é da Prefeitura", disse. O segundo passo é, que a situação que se encontrava, com falta de médico atendimento crítico, espero que agora o sr. prefeito coloque uma equipe competente para toca e administrar a Santa Casa".

O parlamentar continuou. "Mas, o que eu achei que iria acontecer, que seria uma das ações do prefeito, a prioridade seria montar uma equipe, melhorar o atendimento, beneficiar a população, mas a primeira coisa que eu vi na imprensa foi que a Prefeitura escolhe a FIPE para auditar as contas da Santa Casa. Beleza, concordo, mas qual é a prioridade gente?", indagou Rodrigão. Para o vereador, a prioridade está dentro da Santa Casa, com médicos desmotivados, enfermeiros desmotivados e quem trabalha no hospital também está desmotivado. Falta de salário destacou Rodrigão.

O vereador ainda destacou que mesmo com o pagamento dos salários é necessário colocar no hospital um gestor, para fazer com que as coisas andem, "fazer a turma trabalhar e atender o povo. Esse era o primeiro passo, a auditoria seria o segundo passo. Tem de fazer a auditoria, afinal é dinheiro público, mas não só lá, prefeito. Aproveitar que está pagando a FIPE e já vem para a Câmara Municipal, já faz todas as secretarias e na Prefeitura também. Faz uma auditoria geral e mostra a realidade para a população", completou Rodrigão.

Dando sequência ao seu pronunciamento, Rodrigão mencionou a Casa de Repouso , destacando também que houve duas CEIs, a da Creche e da Desapropriação e que foi favorável às duas, mas elas morreram na Casa, pois teve vereador que foi contra a investigação. "Se gastaram quase R$ 100 milhões de reais com desapropriação, alguns terrenos foram utilizados e outros não foram. Um deles é esse, onde era para ser implantada uma casa de repouso e complexo turístico. Essa área de 250 mil metros quadrados e custou quase R$6 milhões. A área está parada, foi feito alguma coisa para disfarçar, mas está só gerando gastos, não tem nada. Cadê a prioridade, sr. prefeito, o povo precisa de casa popular, de saúde melhor, se joga dinheiro fora. Esse é um exemplo que estou dando. Vou falar tudo".

Rodrigão também abordou a Guarda Municipal, informando que três meses atrás foi procurado por guardas municiais. "Elogiei a atuação deles, mas precisa ver a situação das viaturas, dos armamentos, dos coletes. Disse, vou lutar por vocês, e hoje já postaram novas viaturas. Legal, parabéns, a Guarda Municipal merece pois estão atuando muito, principalmente contra o tráfico e roubo. O povo merece respeito". Rodrigão também falou do bairro Cavalli. "Continuo batendo nisso e vou continuar, desde 2013, quando fui secretário, foi feito projeto do Jardim Esmeralda e falei para fazer a mesma coisa no Cavalli, Terra da Uva", disse. O vereador mostrou uma área abandonada há anos e lançou um desafio ao prefeito: "vamos entregar essa obra antes da eleição? Esse povo merece respeito, nossas crianças, jovens, famílias, merecem um local para praticar esportes. Se o sr. entregar, vou elogiar. O bairro necessita disso".

Finalizando, Rodrigão falou sobre um espaço de lazer no Monterrey, que está em péssima situação. "Fui lá, fiz um vídeo essa semana e várias indicação lá, não só minha mas de outros vereadores, para a construção de um espaço de lazer para as crianças. E estando lá, fazendo o vídeo, chegou o secretário de Serviços Públicos que disse que seriam tomadas as providências. O secretário disse que vai ser feito o projeto, onde a máquina está trabalhando vai ser feito uma área de passeio. Legal, espero que seja feito. A população me avisou e eu vim aqui cobrar. Estou aqui como vereador indicado pelo povo. Perguntei quanto tempo, ele disse três meses para entregar essa obra. Palavra do secretário", completou Rodrigão.

O vereador ainda destacou pedido dos moradores do Monterrey para instalação de uma base da Guarda Municipal. E mencionou a questão das ventosas. "A respeito da água, sobre o projeto de lei da ventosa, espero que o prefeito mande para esta Casa e seja votado, até por que tem quem questione nas redes sociais que já colocou, nem sabe. Se a Prefeitura passar lá vai tomar uma multa. Cuidado, não pode colocar isso aí sem autorização da Prefeitura ".

#cmlnoticias #cmllouveira #cml #camaralouveira

24 visualizações

Rua Wagner Luiz Bevilacqua, nº 35, Bairro Guembê - CEP 13290-000 - Louveira - Estado de São Paulo - Contate-nos: (19) 3878-9420 

Horário de Funcionamento: De Segunda a Sexta-feira  das 09:00 às 17:00 horas

Copyright - Câmara Municipal de Louveira - Todos os direitos reservados