Buscar
  • vaniacmlsite

MOMENTO TRIBUNA: Marquinhos do Leite critica paralisação de escolas e transporte escolar

Aproveitando seu tempo na tribuna, o vereador Marquinhos do Leite (PTB) confirmou ser contrário às medidas implantadas pelo Executivo, relativas ao avanço do corona vírus. "Sou contra parar as escolas, parar o transporte escolar, a Prefeitura vai estar pagando esses funcionários? Gostaria que o presidente me explicasse. Quem vai pagar o mês, quem vai pagar os carnês destas vans escolares que estão rodando hoje. Vão suspender até quando? Quem pode me explicar?". Neste momento, o presidente da Câmara, vereador Laércio Neris (PTB), fez um aparte e informou que a suspensão destes serviços é uma prerrogativa do Executivo.


Outra indagação do vereador foi relacionada às medidas implantadas na própria Câmara, entre elas a suspensão dos atendimentos, e o vereador Laércio respondeu dizendo que por enquanto não há uma data de final, pois tudo vai depender do andamento da situação. “O que será suspenso é o atendimento à população, mas a Casa continuará funcionando”, disse Laércio. "Então está suspenso os trabalhos nesta casa", frisou Marquinhos, continuando: "esse corona vírus vai se acabar daqui um tempo, ou vai se estender mais? Isso não dá para entender". O vereador também criticou o fato de não falar na tribuna, tendo de usar o microfone na mesa. "Tenho de falar nesse microfone porque o Luiz (Rosa) já usou aquele. Isso é um blá blá blá. O maior transmissor de vírus é o dinheiro, por que esses ricos não jogam o dinheiro deles fora. Deviam jogar".


Marquinhos também comentou que, para alguns políticos, que odeiam pegar na mão de pobre, vai ser até bom. "Vi o dr. Hélio numa inauguração pegando na mão de um eleitor, do nordestino, do pobre e depois no álcool em gel". Marquinhos reforçou que discorda totalmente das medidas anunciadas. Neste momento, o vereador Nilson Cruz pediu um aparte e confirmou que concorda com o colega Marquinhos, sendo contrário à suspensão dos trabalhos na Câmara, pois até o momento não há nem casos suspeitos na cidade. Os vereadores Rodrigão, Tico da Colina e Helinho, indagados por Nilson, disseram que não foram chamados para reunião na Prefeitura, que tratou da questão do corona vírus na cidade.


Laércio Neves, também num aparte, explicou que as ações preventivas são prerrogativas do Executivo, seguindo orientações das esferas federal e estadual. E com relação à Câmara, Laércio disse que as medidas tomadas pela presidência têm o objetivo de prevenção e proteção dos funcionários e do público em geral.

Marquinhos justificou que não foi convocado para qualquer tipo de reunião, para tratar da suspensão dos trabalhos na Câmara. "E muito menos na sala do prefeito, vi a fotinha do prefeito, da primeira-dama e da vice-prefeita tomando decisão de parar todos esse locais. Tem de ter um bom senso, esse corona vírus não chegou em Louveira ainda, só começando a chegar. Isso não existe, sinto muito. Não fui convocado, não fui avisado, cheguei atrasado para a sessão, mas não fui avisado para chegar antecipado para nenhum tipo de reunião, para decisão desta Casa. Eu discordo".

Marquinhos do Leite durante pronunciamento na sessão do dia 17


#cmlnoticias #cmllouveira #cml #camaralouveira #bibliotecawillianbassi

0 visualização

Rua Wagner Luiz Bevilacqua, nº 35, Bairro Guembê - CEP 13290-000 - Louveira - Estado de São Paulo - Contate-nos: (19) 3878-9420 

Horário de Funcionamento: De Segunda a Sexta-feira  das 09:00 às 17:00 horas

Copyright - Câmara Municipal de Louveira - Todos os direitos reservados