Buscar

Mais transparência e maior participação dos concorrentes. Essa é a expectativa da Câmara de Louveira, que adotará em breve a nova modalidade de licitações: o pregão eletrônico. Segundo o diretor geral da Casa, Thiago Rigamonti, estão sendo acertados os últimos detalhes nas normativas que irão regulamentar o novo tipo de compras feitas pelo Poder Legislativo.


Para funcionar, a Câmara de Louveira irá utilizar o sistema eletrônica da Bolsa Brasileira de Mercadorias (BBMNet), o mesmo atualmente utilizado pela Prefeitura de Louveira. Não haverá custo algum para a Câmara. Empresas interessadas em participar do pregão eletrônico poderão se inscrever na plataforma. Por ser o mesmo sistema do Executivo e do Legislativo, será possível compartilhar os cadastros das empresas. O número de pregões presenciais na Câmara é bem reduzido, em torno de 15 por ano. “Desta forma, haverá possibilidade das empresas se cadastrarem no sistema uma única vez, podendo resultar no aumento de empresas interessadas em fornecer para a Câmara, ampliando, pois, a concorrência”, acredita o diretor sobre esse mais novo instrumento licitatório a ser adotado.


O presidente Láercio Neris (PTB) elencou vantagens com a adoção do pregão eletrônico. “Não há custo para a Câmara e também não haverá exclusividade com o sistema BBMNet. Autorizei a adesão ao sistema, pois, se por algum motivo a Câmara decidir mudar, no futuro, não haverá nenhuma despesa. É mais um passo para a transparência das ações da Câmara”, salientou Laércio.


Além do uso do pregão eletrônico, as demais modalidades licitatórias poderão continuar a ser utilizadas, dependendo do objeto e do valor de contratação. A decisão do modelo a ser adotado será da presidência da Casa, levando em consideração as peculiaridades de cada compra. A previsão é que toda a regulamentação esteja pronta ainda em agosto de 2020.

Laércio Neris, ladeados pelos pregoeiros oficiais da Câmara, durante assinatura do Ato da Presidência regulamentando o pregão eletrônico


#cmlnoticias #cmllouveira #cml #camaralouveira

31 visualizações

Nesta semana, a Câmara de Louveira reabriu ao público a Biblioteca Municipal Estudante Willian Bassi, que estava prevista para ser inaugurada em março, mas que teve as atividades suspensas devido à pandemia da Covid-19. O uso do espaço, entretanto, está sendo permitido com restrições sanitárias, de acordo com o Ato da Presidência 14, publicado no dia 7. Além da biblioteca, o presidente Láercio Neris (PTB) declarou como inaugurada, também, a Galeria dos Emancipadores, que também seria entregue à população no aniversário da cidade, em 21 de março, e precisou ser suspensa.


A Biblioteca é composta por livros didáticos e paradidáticos, jornais da cidade, revistas e material audiovisual. Em novo espaço, junto ao edifício anexo da Câmara, a biblioteca possui local para consulta do acervo, além de equipamentos de informática, com acesso a internet, para que os frequentadores possam utilizar durante as pesquisas. Parte do acervo também poderá ser retirada pelos usuários cadastrados. Em agosto de 2019, a Câmara de Louveira assinou parceria com a Academia Louveirense de Letras e Artes (Alla), após a posse da nova diretoria. Com a parceria, a Academia poderá utilizar o espaço para a realização de eventos literários e culturais.


Outro espaço aberto ao público é a Galeria dos Emancipadores, título dado às pessoas que apoiaram a causa que culminou na emancipação de Louveira em 1965, tendo autonomia político-administrativa como município. A Galeria foi criada por meio de Resolução em 2008, mas não havia sido colocada em prática. Este ano, após reunir fotos e pesquisar os nomes daqueles que receberam oficialmente o título, por meio de Decretos Legislativos em 1983, a Câmara de Louveira presta essa homenagem àqueles que lutaram por essa conquista.


O presidente da Casa, vereador Láercio Neris explicou que os dois locais deveriam ser abertos ao público no aniversário da cidade. “Infelizmente tivemos que suspender a reabertura da Biblioteca e a inauguração da Galeria devido à pandemia. Pelo bem de todos os envolvidos, para que não houvesse aglomeração de público, restringimos o acesso, mas não paralisamos as atividades legislativas”, explicou. O vereador ressalta que, após o município entrar numa fase mais branda do Plano São Paulo, esta semana, resolveu reabrir a Câmara ao público. “Reabrimos ao público tomando algumas medidas sanitárias de prevenção. Resolvemos entregar a Biblioteca e a Galeria para o público, respeitando o momento, por isso não realizaremos qualquer cerimônia”, justificou.


Para acessar o recinto da Câmara, que funciona de segunda a sexta, das 9 às 17 horas, os frequentadores terão a temperatura corporal monitorada e deverão, obrigatoriamente, utilizar mascara cobrindo nariz e boca. Também estão sendo adotadas medidas para evitar aglomerações, com redução do número de assentos nos plenários, e regra de distanciamento social de metro e meio entre as pessoas.

Presidente Láercio Neris durante reabertura da biblioteca ao público e entrega da Galeria dos Emancipadores. Usuários deverão seguir medidas sanitárias



#cmlnoticias #cmllouveira #cml #camaralouveira

37 visualizações
  • ricardopupo

A partir desta sexta-feira, 7 de agosto, a Câmara de Louveira reabre o acesso do público, seguindo regras sanitárias com o objetivo de prevenir a infecção e propagação da Covid-19. A determinação está prevista no Ato da Presidência 14, publicado no Diário Oficial do Município nesta data. Entre as medidas adotadas, qualquer pessoa que precisar entrar nos recintos da Câmara será monitorada com aferição de temperatura e deverão, obrigatoriamente, utilizar máscara cobrindo nariz e boca e evitando aglomerações.


As atividades realizadas no recinto da Câmara, seja no plenário, auditório, biblioteca ou em qualquer outro local, terão espaçamento entre as cadeiras e distanciamento mínimo de metro e meio entre as pessoas.


O Ato de abertura da Casa também prevê as regras de utilização de veículos oficiais e as providências a serem tomadas em caso de alguém apresentar sintomas respiratórios ou febre, suspeitos de contaminação.

#cmlnoticias #cmllouveira #cml #camaralouveira

28 visualizações

Rua Wagner Luiz Bevilacqua, nº 35, Bairro Guembê - CEP 13290-000 - Louveira - Estado de São Paulo - Contate-nos: (19) 3878-9420 

Horário de Funcionamento: De Segunda a Sexta-feira  das 09:00 às 17:00 horas

Copyright - Câmara Municipal de Louveira - Todos os direitos reservados